PUBLICIDADE

Empréstimos de pessoa física: qual o melhor para você?

Existem diversos motivos para se recorrer a um empréstimo. A compra de um carro ou uma casa, por exemplo, podem servir como fatores motivadores para se recorra a esse recurso. 

PUBLICIDADE

Entretanto, uma dúvida bastante frequente das pessoas que desejam conseguir empréstimos está ligada a qual seria o melhor tipo para o caso específico em que ela se encontra, visto que vários tipos podem ser realizados atualmente. 

Devido a isso, a postagem abaixo vai buscar explicar três opções de empréstimos voltados para pessoas físicas que podem te ajudar na hora de tomar essa decisão. 

Porém, é importante pontuar ainda que caso você já possua algum bem que possa ser dado como garantia do empréstimo, as taxas serão consideravelmente menores ao fazer isso. Isso se deve ao fato de que o banco terá a certeza de que você possui meios para quitar a dívida adquirida com o empréstimo e, assim, não representa um risco para ele. Logo, os juros serão mais baixos. 

PUBLICIDADE

O que você procura?

Selecione uma das categorias para encontrar o que procura.

Cartão sem Anuidade
Melhores cartões digitais
Cartão sem Consulta
Cartão Digital
* Você continuará em nosso blog

Desde já te damos uma dica importante: se você tiver alguma coisa para deixar em garantia do empréstimo (como casa, carro, jóias), você conseguirá taxas muito menores. Dessa forma o banco saberá que, se você não pagar a dívida, ele poderá vender um bem seu para quitá-la. Como o risco para o banco é mais baixo, sua taxa de juros também será menor.

Empréstimos para Pessoa Física

PUBLICIDADE

Empréstimo online a Juros Baixos

Devido aos constantes avanços da internet, bem como da tecnologia de uma maneira geral, é possível conseguir um empréstimo sem deixar a sua casa ou mesmo sem precisar realizar a assinatura de centenas de documentos. 

Além da comodidade, outro ponto bastante favorável dos empréstimos online esta ligado às baixas taxas de juros, bastante comuns nos bancos tradicionais. Essas taxas mais baixas se devem ao fato de que os empréstimos online fazem com que não seja gasto dinheiro com aspectos estruturais, como nas agências bancárias. 

Entretanto, caso você tente um empréstimo online e a empresa em questão opte por te cobrar taxas antes mesmo que o dinheiro seja liberado, é necessário ficar alerta. Essa prática está associada a golpes. 

Procure sempre por empresas confiáveis, como a Rebel, a Lendico e a Geru. Essas empresas realizam empréstimos entre R$ 1 mil e R$ 50 mil, não aceitam pessoas cujos nomes foram negativados e apresentam juros baixos. 

Empréstimo com imóvel em garantia

Esse tipo de empréstimo assegura juros baixos. Devido ao contrato de longo prazo, entretanto, exige planejamento, uma vez que um imóvel será dado como garantia de pagamento. 

Antes que o banco libere o dinheiro, o imóvel em questão será analisado por ele. Costumam ser liberadas grandes quantias e também longos prazos de casamento nessa modalidade de empréstimo. Entretanto, é necessário ter cuidado, uma vez que o não pagamento da dívida acarreta em perda do imóvel. Portanto, somente faça esse tipo de empréstimo caso tenha certeza da possibilidade de pagamento. 

Os valores associados a esse tipo de empréstimo ultrapassam os R$ 300 mil. Além disso, existe a possiblidade de que pessoas negativadas sejam aceitas e os juros são os mais baixos do mercado. 

Empréstimo com antecipação do décimo terceiro

Essa modalidade de empréstimo será possível solicitar apenas um valor que seja inferior ao seu décimo terceiro salário, depois que ocorrerem os devidos descontos referentes a juros e demais encargos. Ao receber o 13º, ele será encaminhado diretamente para o banco no qual o empréstimo foi realizado. 

Devido a esses pontos, algumas coisas devem ser consideradas antes que a solicitação de um empréstimo desse tipo seja solicitado. Primeiramente, procure pensar que valerá mesmo a pena receber o décimo terceiro alguns meses antes e, posteriormente, precisar pagar altas taxas de juro relacionadas a isso. Em segundo lugar, é necessário refletir se o dinheiro em questão não fará falta ao fim do ano, quando ele deveria verdadeiramente entrar em sua conta. 

Apesar desses pontos, esse tipo de empréstimo é uma possibilidade. O valor empresado dependerá da sua faixa salarial, uma vez que deve ser inferior a ela. O juros, por sua vez, podem chegar a até 3% e existe a possibilidade de que pessoas negativadas sejam aceitas.

PUBLICIDADE