PUBLICIDADE

Financiamento de moto: saiba como escolher o melhor lugar para fazer o seu

Caso você esteja pensando em realizar o financiamento de uma motocicleta, alguns detalhes não podem passar despercebidos antes que você escolha um banco. Entre esses pontos a serem considerados, estão as taxas oferecidas pelas instituições, bem como a identificação do seu perfil, que deverá se encaixar com o do banco escolhido. 

PUBLICIDADE

Entretanto, ainda antes que você opte por fazer um financiamento, solicitar um empréstimo ou mesmo se inserir em qualquer outra situação que demande o contato direito e as dívidas com bancos, é importante que você faça as simulações de pagamento em diversos bancos e financeiras eu oferecem os serviços desejados. 

Além disso, ainda antes da conclusão do financiamento, é importante conversar com o banco/financeira escolhido e tirar todas as suas dúvidas a respeito do contrato realizado antes que ele seja assinado. Somente depois de esclarecer todos os pontos você poderá ter certeza da sua escolha. 

Abaixo é possível conferir a análise de alguns pontos ligados a isso que, com toda certeza, devem ser pesados durante a sua escolha.

PUBLICIDADE

O que você procura?

Selecione uma das categorias para encontrar o que procura.

Cartão sem Anuidade
Melhores cartões digitais
Cartão sem Consulta
Cartão Digital
* Você continuará em nosso blog

Primeiramente, é preciso pensar na taxa de juros oferecida pelos bancos. Esse valor pode variar bastante dependendo da instituição na qual se pretende solicitar o financiamento da moto. Outro fato que também pode sofrer oscilações é o da entrada necessária para conseguir o financiamento. Assim, ainda antes de assinar o contrato, saiba que é possível tentar negociar com o banco e conseguir que a taxa de juros seja mais baixa. 

A título de ilustração, a taxa de juros da Caixa Econômica Federal é de 1,24%. A instituição chega a oferecer o financiamento de 90% do valor do veículo e o pagamento deve ser realizado em um período de até 5 anos. O Bradesco por sua vez, possui taxa de juros de 1,81%, e tanto o prazo estipulado para o pagamento quanto a porcentagem do financiamento dependem de uma análise realizada pelo banco. O Banco do Brasil e o Itaú, por sua vez, não divulgam as suas taxas de juros, mas o primeiro deles chega a oferecer o financiamento do valor integral da moto. 

PUBLICIDADE

E o que é a taxa de juros? Essa taxa consiste em uma porcentagem somada ao valor total do veículo adquirido por você, que deverá ser paga ao banco. Assim, outro ponto importante a se considerar antes de optar por um determinado financiamento é se tal taxa será em cima de juros compostos, visto que esses fatores podem afetar o seu financiamento significativamente. 

Devido a esse ponto, qualquer diferença decimal nas porcentagens poderá acarretar em uma grande diferença no valor total do financiamento. Observe o exemplo abaixo. 

Caso você opte por financiar um veículo de R$6 mil pela Caixa, em parcelas que serão pagas ao longo de 5 anos, o valor de cada parcela será de R$142,36. O gasto total com o financiamento, porém, será de R$8.541,60. Dessa forma, é possível perceber que optando por essa instituição, você chegará a pagar 42,36% a mais do que o valor da moto somente em juros do financiamento. 

Devido a esses fatores, é necessário prestar extrema atenção ao contrato realizado com a instituição de sua escolha, seja ela um banco ou mesmo uma financeira. Esclareça todas as suas dúvidas antes de realizar a assinatura do contrato para evitar surpresas. Além disso, também se mostra válido recomendar que sejam verificadas todas as taxas de juros, em bancos diversificados, para que você não seja pego de surpresa por altas somas em juros. Afinal, trata-se de algo que vai ocupar uma parte significativa da sua renda por um tempo significativo e que pode ser uma fonte de verdadeiros arrependimentos se não for feito com toda a atenção que demanda.

PUBLICIDADE